Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

terça-feira, 26 de julho de 2011

Economia - Quais são os modelos econômicos na História?


Economia
Quais são os modelos econômicos na História?
Por: Bruno P.F

 fonte: http://www.riovermelho.net/noticia.php?idNoticia=105

Os modelos econômicos durante a história foram vários e de fato eles que ditam o comportamento e a vida humana da terra nenhuma outra forma influencia tanto a vida humana do que o modelo econômico, no qual o homem faz parte.
Nos primórdios antes mesmo das civilizações o homem produzia e distribuía os alimentos que ele plantava ou mesmo caçava essa face e conhecida como a pré historia no onde e classificada de paleotico, neolítico e idade dos metais, o modelo econômico predominante era o modelo de subsistência que produzia  para sua própria sobrevivência.
Quando o homem se organiza em vilas e divide o trabalho  aparece os chefes e lideres surge o estado, as classes baixas e altas os dominantes e os dominados é implantado, portanto o modelo asiático de economia, onde o que é produzido pela classe baixa e levado a classes altas, o estado e o grande provedor do sistema econômico asiático vemos que isso ocorre nas civilizações mesopotâmicas no Egito e na china e índia na Grécia e em Roma.
O sistema econômico só veio a mudar depois da queda do império romano do ocidente, onde ocorre uma forte industrialização e aparece uma nova face econômica, o feudalismo, suas regras e normas a seguir a fixação em estamentaria das classes continua, não ocorre nenhuma mobilidade social, o servo e preso a terra por gerações e a igreja e grande provedora intelectual e moral da idade media.
Com o tempo esse sistema vai desgastando e surge uma classe nova a classe burguesa que aparece em volta dos castelos chamados burgos, no começo essa classe era de degredados da sociedade com o passar dos anos ela se torna a grande classe revolucionaria do seu tempo no final do século XIV e começo do XV ela surge e vai se tornar a grande classe provedora no século XIX e absoluto no século XX.
Com a burguesia ressurge o comercio, surge com isso também os bancos e empréstimos aos poucos ela toma conta do estado moderno que nasce, ela sistematiza um conjunto de idéias e busca o faz o pacto com o "rei absoluto".
Nas navegações o mundo começa a se conhecer e se globalizar, força burguesa aumenta fortemente, as novas terras se tornam atrativos para as empresas marítimas o modelo econômico mercantilista se torna forte na Europa a Espanha se torna poderosa.
No século XVI e XVII a Inglaterra torna se a grande dona dos mares e com isso também surge à produção de bens de consumo duráveis surge fabricas e manufaturas ocorrem ai a famosa revolução industrial no século XVIII a Inglaterra faz a revolução industrial nessa mesma época ocorre a revolução idealista burguesa na França a famosa revolução francesa.
O modelo econômico vigente ate os nossos dias começa a comandar a vida humana surge o capitalismo apoiado fortemente por idéias do seu grande idealizador programático Adam Smith.
Produtos ingleses tomam os mercados do mundo a Inglaterra vende para o mundo e se torna a grande e poderosa fabrica do mundo essa época e conhecida com o capitalismo industrial o capitalismo impera o modo de vida e produção, para ocorrer a produção o homem tem que fazer parte desse meio de produção, surge uma classe que busca seus direitos a classe proletariada e oprimida pela burguesia dentoras do meio de produção essa nova classe se politiza com os textos e idéias do grande pensador Karl Marx que escreve o famoso livro O Capital.
Suas idéias eram fortes e tomam forte oposição pela Europa os proletários chegariam ao poder apenas em 1917 com a revolução Russa a partir daí surge o estado proletário, onde todos teriam os teoricamente os mesmos direitos de vida e de classe.
O capitalismo também evolui para o capitalismo financeiro a onde surgem grandes forças multinacionais e grandes redes financeiras, ate o termo burguesia muda um pouco e o mais correto há chamar nos dias atuais e elite, essa domina de fato o mundo e imponhe sua forma de ser e de viver.
Vemos que o termo trabalho e profissão evoluí cohecido como classes, e também vemos claramente nesse processo humano a classe que domina as forças produtivas e as forças idealistas e também as classes que são dominadas, durante a história ocorre varias revoltas no mundo como guerras e revoluções, o homem e um ser cada vez mais alienado ao seu modo de vida e produção compartimentado perdendo o ideal de construção e de realização.
Vemos que cada época tem um modo de produção, e que as transformações são ocorridas pelo homem e que as sociedades procuram o seu caminho sempre que ocorrem dificuldades, como guerras e fome e deixo uma pergunta, qual será o mais novo modo de produção do século XXI?

5 comentários:

  1. devido o passar do tempo e a grande variedade de culturas a si uma variação constante no desenvolver dos modelos economicos para que se posa entender mais sobre os modelos de economia sim deve haver um estudo aprofundado de causa pois são variedaes inconstantes

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir