Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

terça-feira, 26 de julho de 2011

O Poder Da Educação

O Poder Da Educação
Por: Bruno P.F

 Fonte da imagem: http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=486

A educação tem seu poder de transformar os indivíduos de fato, essa e uma certeza que temos hoje em dia, preparar as pessoas para a vida social, profissional e um dos objetivos da educação, essa preparação começa desde os cinco ou seis anos de idade a partir da escola infantil, socializando as crianças desenvolvendo certas habilidades humanas como a fala. No ensino fundamental vem as primeiras palavras e conjunto de frases, o objetivo ao final e sair do ensino fundamental sabendo ler, escrever e tendo uma perspectiva do mundo, no ensino médio o aluno desenvolve suas idéias criticas esse  prepara-se para o mercado de trabalho ou para uma nova etapa da educação o estagio superior a aprendizagem de uma profissão.
Na teoria e muito fácil, mas percebemos que esse processo da educação não ocorre simples assim, um individuo bem formado teria que ter 15 anos de estudos, no Brasil a maioria da população não chega a oito anos de estudos, mas isso vem mudando mas ainda continua um atraso comparado com países mais desenvolvidos o ensino e muito ruim comparando ate mesmo com países do mesmo nível de desenvolvimento.
São muitos os fatores para que a educação no Brasil esteja tão ruim um deles e a falta de valorização do professor como agente transformador de pessoas, com péssimos salários e falta de um plano de carreira a profissão professor esta cada vez mais longe do ideal, outro fator e o grande demanda de aluno e falta de investimento adequado para essa demanda, classes lotadas afetam a aprendizagem do aluno, o conteúdo curricular também não acompanha mais o mundo moderno que busca indivíduos cada vez mais capacitados.
Outro fator fundamental e a falta de comprometimento familiar com a educação, famílias desestruturadas com pais presos dificultam a aprendizagem do aluno e a motivação fica baixa no ambiente escolar, vejamos que a escola nesses casos exclui mais do que inclui, pois busca no aluno aquilo que ele não consegue dar. O sistema capitalista que se desenvolveu em larga escala no último século, não busca seres pensantes ou críticos ele busca seres humanos capazes de fazer a tarefa com melhor qualidade e mais rápido, alienado ao modo de produção, a escola que tem o dever de fazer esse ser pensar, não esta fazendo.
O Brasil nos últimos anos aumentou recursos para a educação fez programas para a educação, mas sabemos que o buraco e o gargalo e mais embaixo, enquanto pobres fazem parte da educação publica e no final não pode entrar na faculdade publica, pois o que aprenderam no sistema de ensino publico não foi adequado para o vestibular, excluindo o individuo da universidade.
Os freqüentadores das universidades publicas são  alunos que receberam uma educação particular, capaz de passar no vestibular e ter deste modo uma educação de qualidade, excluindo na grande maioria a parte pobre da parcela e justamente a que mais precisa de uma formação profissional.
Vemos no mundo países que fizeram de fato uma revolução na educação como na coréia do sul, Japão e Espanha e outros avançaram muito nos últimos 50 anos apoiados por políticas publicas.
O ensino durante a história mudou muito  na antiguidade os detentores do saber eram os filósofos, e era uma educação para poucos na idade media os possuidores do saber era a igreja que guardava nos monastérios livros nos quais poucos tinham acesso como monges e padres. A partir do surgimento da burguesia e da dupla revolução a educação foi se aperfeiçoando e o papel das instituições de ensino seculares foram crescendo na era contemporânea a educação passou de poucos para muitos em vários países.
A qualidade e aprendizagem sempre será a busca primordial da educação, outro fator que fez com que a educação e a informação aumenta-se e o avanço das tecnologias como a internet que popularizou o instrumento de informar.
No Brasil nos últimos cinqüenta anos grande mudanças ocorreram varias reformas ocorreram à educação nos seus últimos anos aumentou para todos, mas a qualidade e aprendizagem caíram. O ato de educar e uma tarefa importante para quaisquer pais ou individuo e nesse processo ocorrem interesses tanto pessoais como interesses governamentais trabalhar pela educação e um direito de todos para que ela seja cada vez melhor para todos nos, pois e um bem quase divino “conhecer a verdade e ela voz libertara”.

Um comentário:

  1. Parabéns Professor Bruno. Apesar dos erros básicos, na digitalização do texto,concordo com você. A educação transforma o ser, e dignifica o homem.

    ResponderExcluir