Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Do Feudalismo Para o Capitalismo

Do Feudalismo Para o Capitalismo
Por: Bruno Ferreira



A transição do feudalismo para o capitalismo aconteceu num período que ouve varias mudanças no setor, político, econômico, social e religioso. Com a ascensão de uma nova classe a Burguesia no fim da idade media começa a mudar a estrutura social, pois essa classe vinda do campo para a cidade começa a crescer a tomar forma e modificar a economia que era extremamente rural passando para artigos manufaturados. 
A burguesia faz a aliança com o rei e em troca da segurança, o rei passa a se tornar o senhor supremo um rei extremamente absoluto em troca a burguesia queria a proteção, mas em 1789 a França não suporta a crise que passa, a burguesia se reúne com a classe mais pobre para tomar o poder político na França, querendo uma nova constituição.
Após conseguir isso a burguesia se torna a classe dominante do sistema colocando o seu modo de vida, nesse processo de transição a igreja católica perde seu poder e suas terras com as reformas que a burguesia procura fazer, um estado laico.
A política passa a ser controlada pela burguesia desta forma ela controla o modo econômico esse agentes de transição teve consigo o surgimento em alta escala do capitalismo que cresce e se transforma de pequenos burgos, para empresas de navegações ate grandes indústrias que produz grande quantidade de bens materiais para a população.
Os países que destacam nesse período e a França de forma política com a revolução francesa, e a Inglaterra que passa a ser a indústria do mundo moderno, disponibilizando de todos os fatores para a produção e distribuição de seus produtos, na Inglaterra encontrava-se lá matéria prima, mão de obra, uma política que aceitava facilmente a burguesia pois já havia feito a reforma política antes mesmo da França.
Nesse período de transição a igreja perde seu poder e os alemães passam a querer suas terras que estavam nas mãos da igreja aproveitaram deste modo das idéias de um monge Martinho Lutero, fizeram os protestos e formularam uma nova religião cristã.
A sociedade no período de transição beneficiou a nova classe que surgia a Burguesia, mas os trabalhadores do campo e da cidade foram excluídos do processo, ficando a margem do processo político e econômico.
Por fim vários autores comentam o período da transição do feudalismo para capitalismo dentre eles Karl Marx, Max weber, e outros, Marx cria uma grande obra sobre o período na qual faz surgir uma critica ao sistema do capitalismo.
Marx fala que uma sociedade e determinada pelo modo de produção exemplo o modo de produção do feudalismo tinha as seguintes caracteristicas: servil, comunal, agricola, monarquista no capitalista o modo de produção tem as seguintes caracteristicas, individual, propriedade privada, industrial, salarial. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário