Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

A redemocratização do Brasil


A redemocratização do Brasil
Por: Bruno Ferreira



O Brasil a partir da chegada de João Batista Fiqueiredo 1979 -1985 foi abrindo o pais para a democracia concedeu uma ampla anistia política, exilados começaram a retornar ao Brasil um deles era o ex governador Leonel de Moura Brizola entre outros.
Surgi também o partido dos trabalhadores PT, em sua primeira eleição o PT elegeu vários deputados e passou a ter importância no debate nacional pela redemocratização, também foi fundados outros partidos como: PDS, PP, PTB, PDT, PCB.
O pais sofria dificuldades com suas contas externas com uma balança comercial desfavorável, indo ao FMI pegar financiamentos, nessa crise financeira que o Brasil passava um projeto para a redemocratização era apresentado ao congresso esse projeto era conhecido como “Diretas Já” que era liderado por Tancredo Neves governador de Minas Gerais, aos poucos varias manifestações aconteceram no pais a mais famosa foi a de são Paulo na praça da sé. O movimento ganhava espaço na mídia embora a rede globo boicotava as manifestações.
O sucessor de Figueiredo iria ser eleito num colégio eleitoral, composto por 686 pessoas, as eleições diretas a presidente só iria acontecer anos depois.
Na eleição de 1985 havia duas chapas a do governo militar que indicava Paulo Maluf, e a chapa frente liberal que era composta por Tancredo Neves, Jose Sarney, no dia 15 de março de 1985 tomava posse o primeiro governo civil desde 1964.

Tancredo não toma posse, pois morre antes de pegar a faixa no seu lugar o vice Jose Sarney toma posse como presidente da republica.
Sarney para tentar amenizar a crise econômica que o Brasil passava cria o plano Verão, congelamento de preços, uma nova moeda, convocou eleições para uma assembléia constituinte, o nova constituição foi promulgada em 1988 o grande teste da nova constituição seria as eleições presidenciais de 1989, onde teve uma serie de candidatos a presidência da republica entre eles Lula e Fernando Collor que disputou o segundo turno e o eleito foi Fernando Collor, muitos atribuem a vitoria de Collor a forte manipulação de um debate na Rede Globo.
O Governo de Fernando Collor de Mello (1990 -1992) tomou posse em 1990 mas não terminou seu mandato e foi afastado do cargo de presidente por um plano econômico mal elaborado que detinha as economias da classe media, e por denuncias de corrupção, o senado brasileiro afasta ele do cargo e faz um processo de impeachment.
Em seu lugar toma posse o vice o Mineiro Itamar Franco (1992 – 1994) ele cumpriu o restante do governo de Collor, foi responsável por recuperar o prestigio da presidência da republica, e para isso nomeou o sociólogo Fernando Henrique para o cargo de ministro da Fazenda ele elaborou o plano real  que instituiu como forma de acabar com a inflação e foi um sucesso, Itamar apóia a candidatura de FHC a presidência de republica.
Fernando Henrique Cardoso (1994 – 2002) o grande objetivo do novo governo era obter a estabilidade econômica do pais, ocorreu um grande ajuste no governo e medidas, que provocou queda no consumo, demissões em massa e desaceleração do crescimento e atraso nas reformas agrárias e urbanas, e muitas impressas publicas foram colocadas a venda no segundo mandato de FHC, o real foi a marca do seu primeiro mandato e o segundo foi as privatizações e forte oposição do PT e de Lula a crise piorou em 1999 quando o Brasil e atingindo por uma onda especulativa e acusações de corrupção, para piorar o mandato de FHC ocorre a crise do apagão elétrico onde a falta de água faz com que o governo imponha um drástico racionamento, em 2002 as eleições foram bem disputadas entre a oposição e a situação, Lula ganha no segundo turno e chega a presidência da republica depois de anos disputando, passou por 3 derrotas a presidência.

O metalúrgico presidente Luiz Inácio Lula da Silva ( 2003 – 2010) com um pais em difícil situação Lula tem a árdua tarefa de recuperar a economia e auto estima do povo brasileiro, no seu primeiro mandato o pais estava com alta divida interna e externa ele freia o processo de privatização que FHC seguia, no campo econômico lula segue a cartilha Tucana, mas no campo social Lula aumenta significativamente o assistencialismo que provoca sua reeleição a presidência em 2007 lula estabiliza a economia e faz o Brasil crescer no segundo mandato ganha respeito internacional pagando a divida externa e cria o programa de aceleração do crescimento, ajudado por fortes investimentos internacionais no Brasil e a descoberta de poços de petróleo no litoral brasileiro, faz com que o Brasil passe pela crise econômica ileso enquanto o mundo desenvolvido passava por desemprego e queda da renda, o Brasil passa por autos investimentos e forte emprego e aumento da renda, o Brasil ganha a chance de sua história de tornar-se grande de fato, Lula consegue trazer os jogos olímpicos e a copa FiFa de futebol ao Brasil, mas no campo político o Brasil não avança em todo o seu governo Lula enfrenta fortes denuncias de corrupção, varias quedas de ministros e a corrupção passa a ser algo banal na vida do governo e dos brasileiros, mas mesmo desta forma o governo Lula faz seu sucessor ou melhor sucessora a primeira mulher presidente da republica.
Dilma Vana Rousseff (2010 ....) ganha as eleições de 2010 e vem governando com a mesma cartilha do presidente Lula mas tem sido mais implacável com seus ministros em casos de corrupção, ganhou respeito da mídia brasileira, e vem demonstrando opinião própria muitos críticos acreditavam que ela seria um boneco de Lula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário