Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

O Brasil de JK


O Brasil de JK



Por: Bruno Ferreira

Ao longo da republica do Brasil poucos foram o que ocuparam a presidência da republica cada qual com seu estilo e perfil e modo de fazer política, merecendo destaque nos dias de hoje a dois presidentes responsáveis por essa mudança Getulio Vargas e Juscelino Kubitschek de Oliveira esse último de grande importância para o desenvolvimento industrial do Brasil foi um dos maiores da história, mas o que ele fez.
JK inovou como político pois é o político que todos nos sonhamos capaz, autentico e inovador a frente do próprio tempo, Juscelino foi responsável por políticas de mudança no Brasil com a uma política baseada no desenvolvimentismo esse desenvolvimentismo diferente  de Getulio pois  JK abriu o Brasil para o capital estrangeiro aumentando enormemente a produção industrial chegou varias industrial tanto automobilísticas ou de bens de consumo não duráveis.
Dono de um sorriso carismático e luminoso conquistou a simpatia do eleitorado mas tinha forte oposição e antes de assumir a presidência enfrentou oposição dos militares por sua política inovadora, JK descendentes de checos nascido na cidade de Diamantina Minas de família pobre formou em Medicina, em 1927 foi eleito deputado federal, 1934 prefeito de Belo Horizonte em 1940 governador de Minas Gerais, em 1956 eleito presidente do Brasil com o famoso Plano de Metas e o slogan “50 anos em 5” fez mudanças estruturais no Brasil e uma das mais importantes do seu mandato a mudança da capital federal do Rio de Janeiro para a nova capital construída no meio do nada Brasília a produção automobilística aumentou formidavelmente, e ficou conhecido por sua simpatia como o presidente Bossa Nova.
O Plano de Metas tinha como principais metas a construção de Brasília mas era dividido em cinco grupos com 31 metas, grupo primeiro energia, segundo  transportes, terceiro alimentos, quarto industria de Base, quinto educação, o resultado do plano na área de transportes, energia foram excepcionais mas na área de educação e agricultura foi um fracasso, período do seu mandato foi de enorme aumento do PIB do Brasil  foi três vezes maior do que do restante da America latina.
Embora apensar de ser acusado de articular planos de sucessão  JK nunca tentou articular a reeleição, mas o seu sucessor não seria o General Lott que apoiara e sim o polemico governador de são Paulo Janio Quadros que assumiria prometo  varrer a corrupção com um discurso populista ele ganha a eleição mas ficaria no poder por pouco tempo.
Portanto certo  é que durante o seu mandato o Brasil conseguiu evoluir desenvolver sem perder a democracia e a critica da imprensa mas esse desenvolvimento foi caro pois o Brasil fez grandes emprestimos para a o seu desenvolvimento, este que era extrangeiro e não Brasileiro a educação não conseguiu de fato evoluir o crescimento foi quantitativo e não qualitativo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário