Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

sábado, 14 de janeiro de 2012

A História da Sexta Feira 13


A História da Sexta Feira 13



Por: Bruno Ferreira

A sexta feira 13 é relatado como dia de má sorte e considerado o numero 13 numero irregular sinal infortúnio. A sexta feira foi considerada também o dia em que Jesus cristo foi crucificado e por isso e considerado um dia de azar e somando o numero 13 com a sexta tem um dos piores dias da semana.
Em outras culturas e mitologia a sexta feira 13 também e considerado dia de má sorte, mas no cristianismo está associado com o dia de morte de Jesus e também com a santa ceia onde havia 13 pessoas na mesa e depois dessa ceia ocorreu à morte de duas pessoas Jesus e Judas.
Existem histórias remontadas também pela mitologia nórdica. Na primeira delas, conta-se que houve um banquete e 12 deuses foram convidados. Loki, espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga que terminou com a morte de Balder, o favorito dos deuses. Há também quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça, simplesmente porque os conjuntos de mesa são constituidos, regra geral, por 12 copos, 12 talheres e 12 pratos.
Segundo outra versão, a deusa do amor e da beleza era Friga (que deu origem a frigadag, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, Friga foi transformada em bruxa. Como vingança, ela passou a se reunir todas as sextas com outras 11 bruxas e o demônio, os 13 ficavam jogando pragas aos humanos. Da Escandinava a superstição espalhou-se pela Europa
Também faz parte hoje do imaginário popular associando o dia da sexta feira 13 a coisas paranormais e sobrenaturais como lobisomem e mula sem cabeça, bruxas, fantasmas e outros seres sobrenaturais.

Um comentário: