Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

Carregando...

quarta-feira, 11 de abril de 2012

A Invasão Soviética no Afeganistão




Por: Bruno Ferreira

Com um golpe liderado pelos Marxistas, O Xá Muhammad Zahir foi deposto do trono afegão em 1973. O Governo de Nur Muhammad do partido (PPDA), partido popular democrático  do Afeganistão, dando inicio a um processo de secularização do pais.
Ofendendo os mulçumanos conservadores reprimindo a oposição. Quando 50 conselheiros russos foram assassinados na cidade afegã de Herat, a URSS invadiu o país para restaurar a ordem no dia 24 de dezembro de  1978.
Um grupo que era islâmico (Mujahidin) declara a chamada guerra santa conhecida como Jihad contra a união soviética, e também o PPDA. Essas guerrilhas islâmicas mantiveram afastadas as tropas soviéticas e até começaram a ameaçar sua aviação.
A guerra estava ficando inviável pra URSS e, em fevereiro de 1988, sob grande pressão o presidente da União soviética Mikhail Gorachev anunciou a retirada das tropas soviéticas deixando o Afeganistão entre um impasse de um lado a Mujahidin e do outro PPDA.
 Por fim o grupo islamico fica no poder e impoe uma ditadura religiosa isso só acaba quando os E.U.A invade os afegão com o proposito de derrubar o regime e matar o terrorista Osama Bim Ladem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário