Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

A Verdadeira Independência do Brasil: Suas Consequências




Por: Bruno Ferreira


O príncipe não esta em sua melhor forma durante sua cavalgada pela tortuosa estrada de santos na qual conduzia para a baixada santista, seus imediatos foram em direção ao príncipe de são Paulo para santos com maço de cartas para vossa alteza D. Pedro chegando às margens do riacho Ipiranga quando chegaram D. Pedro estava a beira do riacho agachado fazendo suas “necessidades fisiológicas” a correspondência foi entregue rapidamente D. Pedro amassou as cartas e a pisoteou montou em seu cavalo e disse a guarda de honra “ Amigos, as cortes de Lisboa nos oprimem e querem nos escravizar... Deste dia em diante, nossas relações estão rompidas.
O príncipe tirou a espada e disse à frase que entraria para a história: “Brasileiros, de hoje em diante nosso lema será: Independência ou Morte”. Era o dia 07 de setembro de 1822 e o sol, em raios fúlgidos, brilhou no céu da pátria naquele instante.
De fato o Brasil ficou independente da metrópole portuguesa e de 3 séculos de exploração de nossas terras mas passou a ser dependente de uma divida quase que eterna e de um período de muitos conflitos, além de Portugal reconhecer a independência através de um pagamento de 2 milhões de libras, a Inglaterra e  passou a ter forte interesse nesse mercado novo é independente que era o Brasil.
De fato podemos comemorar a independência e a união federativa do Brasil, pois como o que aconteceu na America espanhola que foi totalmente fragmentada a America portuguesa permaneceu unida graças a força sufocante de seus imperadores e lideres que governaram as terras tupiniquins.
Mas tempos antes do dia da independia D. Pedro havia dito que ficaria no Brasil no famoso dia do fico, sim ele ficou até a ameaça da perda da coroa em Portugal a onde saiu correndo para Portugal e deixou seu filho de apenas sete anos no poder deixando também regentes políticos que iriam governar o Brasil por um período de sete anos, até o golpe da maioridade.
Além de unificar o poder os regentes foram capazes de derrotar a confederação do equador, e abafar as varias rebeliões que aconteceram no Brasil que foram Balaiada, Cabanagem, Sabinada e a guerra dos farrapos esse ultimo o mais duradouro, todos foram cruéis e entra para a história do Brasil como um dos períodos mais sangrentos de nossa história.
Um dos fatos para perde de legitimidade de D. Pedro I é o fato de ele ter imposto uma constituição com um poder alem do desejado o chamado poder “moderador” a onde ele tinha o poder acima da própria lei.
Mais tarde um golpe foi dado o golpe da maiorida a onde ficava permitida a tomada de posse de D.Pedro de Alcântara virando D. Pedro II, esse que foi o ultimo monarca do Brasil e um dos que mais permaneceu em um trono no mundo, ele foi importante para que o Brasil consegui-se uma certa instabilidade Política capaz de desenvolver certos setores do Brasil através do poder e empreendedorismo do Barão de Mauá.
Sem duvida nenhuma o Brasil foi o único pais a ter uma monarquia durante um processo de independência que no qual a maioria dos países vizinhos opinavam pela republica, esse foi um fator bom e ao mesmo tempo ruim, ruim pois o povo não participou do processo de independência e bom pois o Brasil não fragmentou em diversas republicas criando assim um pais fraco e mais pobre.

2 comentários:

  1. Parabéns pela postagem!
    Texto bem escrito, que informa na medida certa os fatos deste importante momento de nossa história.

    ResponderExcluir
  2. Sugiro fazer uma revisão gramatical (concordância).

    ResponderExcluir