Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Oscar Niemeyer: O Arquiteto





Por: Bruno Ferreira


O seu nome é sua marca Oscar Niemeyer um dos grandes brasileiros que entraram para história, nasceu em 15 de dezembro de 1907 por ter uma forma particular de ver a arquitetura modernizando ela com traços leves e vazios deixando tudo mais claro, Niemeyer poder ser considerado como o grande arquiteto do mundo moderno é pós-moderno.
Sua trajetória como arquiteto começa a convite do jovem prefeito  de Belo Horizonte Jk, que queria trazer uma nova cara para a capital mineira, mandou que projetar a Pampulha que era composta de uma repreza onde havia um grande complexo o mais bonito desse parque foi a igreja, sem duvida é uma das obras mais bonitas mas também mais polemica demorou 15 ano para a igreja reconhece-lá como templo religioso.
Após isso Oscar, foi convidado novamente por Juscelino para fazer a arquitetura dos palácios e do congresso e toda a praça dos três poderes inovando na arquitetura mais uma vez de forma inovadora, utilizando para isso o cimento armado, algo novo para a época.
Chegada à ditadura Niemeyer comunista convicto, foi em busca de exílio e foi para França lugar que acolheu. Para trabalhar ele consegui ajuda de amigos ligado ao governo de Charles Gaulle, foi através do governo socialista frances que conseguiu desenvolver alguns projetos como um belo teatro, rompendo com o estilo arquitetônico Francês, mas a grande obra na França foi sem duvida a sede do partido comunista frances, um belo prédio. Fez também obras para Espanha, Argélia como  universidades e mesquitas projetos que até hoje são inovadores e uteis.
Oscar também faz os projeto do parque do Ibirapuera  em são Paulo, marcos de uma época, e também para o rio de janeiro como o sambodramo, em Niterói projeta um museu que parece um disco voador mas compõe junto ao museu uma linda paisagem.
Um dos grandes momentos internacionais foi em 1947 Niemeyer é indicado para fazer parte da equipe de arquitetos mundiais que viria a desenvolver a Sede das Nações Unidas. Niemeyer viaja aos Estados Unidos para integrar a equipe e apresenta o projeto que seria escolhido, elaborado em conjunto com Le Corbusier.
Com o fim da ditadura na década de 1980 o Memorial JK; o Edifício Manchete; sede do Grupo Bloch em 1983; a Arena de Rodeios e o Parque do Peão "Mussa Calil Neto", na cidade de Barretos, interior de São Paulo (1984); o Panteão da Pátria em Brasília (1985) e o Memorial da América Latina (1987), em São Paulo.Em 1988, é criada a Fundação Oscar Niemeyer a fim de preservar o seu acervo de cerca de 500 trabalhos.
Na deca de 2000 outros projetos marcaram sua carreira como o Museu Oscar Niemayer, o auditório Ibirapuera, caminho Niemayer criou no seu centenário um imenso complexo na Espanha que foi batizado com seu nome. Um dos seus últimos grandes projetos foi à cidade administrativa de Belo Horizonte, Oscar também projetou esculturas e obeliscos.
Sem duvida Niemayer merece aplausos por suas obras, foi uma pessoa de grande genialidade, convicto de suas ideias políticas, recusava-se a trabalhar para grandes corporações e procurava trabalhar para o governo projetando prédios públicos de uso democrático, recentemente oposição a suas obras ocorrem por alguns jornalistas que são contra suas ideias comunistas e outros por serem contra seus projetos, morre deixando um vasto legado e sem duvida apesar das criticas ele foi inovador no que fez.




Nenhum comentário:

Postar um comentário