Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Educação no Brasil: Problemas Históricos




Por: Bruno Ferreira


O problema da educação no Brasil e histórico e complexo desta forma vamos abordar por partes, hoje em dia o pais sofre com a falta de profissionais em diversas áreas como engenharia, medicina, licenciatura entre outros campos.
Nesse grande problema de falta de mão de obra qualificada o entrave passa pelas mãos do governo e pela falta de investimentos e organização suficiente capaz de conseguir que o pais evolua nesse quesito, certamente nesse século passado e começo deste o Brasil avançou muito conseguindo tirar milhões de crianças das ruas e colocar matriculadas nas escolas, mas isso não é suficiente a qualidade da educação ainda é falha.
Esta educação que estamos abordando e a sistemática transferida pelos órgãos oficia como escolas, faculdades e universidades, mas também a educação assistemática transferida pela sociedade ao individuo está em crise, pois os valores mudaram é muito esta ultima vale de família para família e de individuo para individuo, pois cada uma recebera ela de forma diferente.
O problema educacional esta na estrutura que adotamos e na falta de recursos e valorização do professor, a estrutura ficou atrasada perante as novas tecnologias e os recursos enviados para a área educacional são muitas vezes desviados pela corrupção.
A educação brasileira nos últimos 30 anos vem se modificando como na construção de meios de avaliação e na construção de um vestibular nacional, aumento os investimentos e colocou as crianças na escola, mas ainda falta muito em organização, qualidade e investimentos, professores estão cada vez mais escassos e mal pagos nesse processo.
No campo histórico a educação começa com a chegada dos padres jesuítas a onde por meio deles veio o ensino do latim entre outros até o século retrasado a maioria das instituições educacionais estavam nas mãos da igreja católica com a chegada da republica o processo foi se alterando, mas a educação foi destinada para os mais abastados filhos de fazendeiros e empresários a grande massa do Brasil foi deixada de lado ao longo da segunda metade do século XX ocorre o processo de construção de um pais alfabetizado e agora nos últimos 20 anos ocorre o processo de construção de uma sociedade capaz de colocar uma grande massa nas universidades.
Nesse decorrer e a educação ainda continua desigual, pois aquele que tem mais recursos coloca o filho em escolas particulares a onde o processo organizacional e mais eficaz, e o filho do pobre vai para a escola publico na adolescência ocorre o inverso o filho do rico vai para a universidade publica e o filho do pobre para faculdades particulares, construindo um pais desigual ainda mais, vejamos que o processo de construção de um pais ainda é desigual, os governos de centro esquerda que assumiu o estado nesses últimos anos aumento o numero de bolsas e benefícios para carentes e descriminados históricos; como os negros, indígenas mas a falta de investimento na base e nos professores e uma forma ainda perpetua.
Portanto cabe refletirmos que no século XXI a educação tende a ficar menos desigual e mais complexa, mas isso passa por políticas de governos conjuntas independentes de partidos, coisa que se torna complexa e difícil, mas observando os últimos 100 cem anos avançamos muito, mas somos o pais com os piores índices de educação no mundo, o mais vergonhoso e que somos a sexta economia do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário