Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Os Últimos Papas




Por: Bruno Ferreira


A poderosa igreja católica formou-se como estado quando Benito Mussoline concedeu a igreja católica o menor estado do mundo o Estado do Vaticano. Pio XI assume o Estado do Vaticano conhecido como um homem temperamental e criticava o Fascismo e o Nazismo, criador de uma juventude católica, e concedeu a participação dos leigos na igreja.
PIO XII secretario de estado de Pio XI ele que foi simpatizante aos regimes ditatoriais, durante este tempo ele introduziu de forma maior o culto a sua personalidade e um endeusamento do Papa, dirigindo a igreja católica na pior crise do século durante a segunda guerra, o Papa PIO XII sabia o que ocorria com os judeus.
João XXIII assume a igreja católica colocando um papado de humildade e bondoso, discursava de forma simples, convocando neste tempo o concilio vaticano II a maior abertura da igreja, morreu em 63 aos 81 anos.
Paulo VI era um homem muito culto, assistente das universidade católicos, um homem fino e indeciso, fez mudanças importantes, ele teve um erro ao reforçar o uso dos anticoncepcionais e camisinhas.
João Paulo I não era favorito ao papado, mas era um Cardeal simples e conhecido como o papa sorriso, estava sempre sorrindo, Albino Lugiane nasceu em uma pequena cidade na Itália, arcebispo Lugiane aboliu as pompas da igreja, a igreja abalou com a morte prematura de João Paulo I.
João Paulo II depois de 400 anos era o primeiro papa polonês da história da igreja católica, ele que era um esportista e cheio de juventude, um homem com muita simpatia e uma relação muito transcendente com a religião e com Maria, ele também foi conhecido como o Papa Pop, o pontificado deixa um grande patrimônio com um papado longo de mais de 26 vinte seis anos.
Bento XVI escolheu o nome de Bento pois o Bento XV teve um papado curto é produtivo, o ultimo papa teve vários contras em meio a uma igreja cheia de escândalos, tento problemas não só internos como externos junto a comunidade islâmica e cientifica, não aguentando a pressão e sua fraca saúde ele renuncia ao Papado e deixa aberto o trono de São Pedro no ano de 2013.
Por fim vemos uma igreja cheia de desafios no seculo XXI está que já passou por guerras e perseguições agora está de frente com o maior de todos manter a fé de um povo cheio de duvidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário