Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

sábado, 30 de março de 2013

A História da Páscoa





Por: Bruno Ferreira


A tradição da páscoa para os cristãos acontece no momento em que Jesus de Nazaré Messias dos cristãos e entregue ao governo de Pilatos governador da Judeia região que estava sobre o domínio do império romano, este que foi entregue por uma traição de um dos seus discípulos Judas Escariotes ele entregou Jesus para os Judeus que julgavam Jesus como herege aos mandamentos da lei de Moises o antigo testamento ou torá.
            A paixão de cristo conhecida para os cristãos são as ultimas horas em que Jesus permanece com seus discípulos, antes de ser entregue ele oferece aos seus discípulos uma refeição na qual ocorre grande simbolismo em que Jesus não apenas está oferecendo uma refeição mas o corpo representado pelo pão e o sangue representado pelo vinho, esta celebração permanece até os dias de hoje para as varias comunidades cristãs pois ao final desta ele o próprio Jesus diz que fazeis este momento como memória dele.
            Após ser capturado e julgado pelos Judeus e levado para o  governador romano a onde tenta dar a sua libertação mas é condenado pelo povo em uma escolha de presos no qual foi escolhido Barrabas para ser solto no lugar de Jesus, a partir daí começa o flagelo de Jesus até sua crucificação com sua morte o corpo e retirado e enterrado em uma tumba, ao passar poucos dias Maria mãe de Jesus vai ao tumulo a onde e surpreendida por um anjo onde anuncia a ressurreição de Jesus mais tarde o próprio Jesus aparece a essas mulheres e anuncia sua aparição aos seus discípulos.
            A Ressurreição marca o começo do cristianismo pois a partir daí os seus discípulos começaram a pregar pelo o mundo, levando a boa nova de que Jesus cristo era o filho de Deus e que voltaria um dia para o julgamento e salvação da terra.
            Esta tradição dura até os dias de hoje com a comemoração da páscoa e da famosa sexta feira santa da paixão de Jesus cristo a onde é lembrado os seus últimos momentos na terra, a páscoa cristã e diferente da páscoa dos Judeus.
A Páscoa Judaica é comemorada pelos judeus, que festejam através do Pessach que é a celebração do povo judeu dos anos de escravidão no Egito. Para os Judeus a páscoa e a celebração do Pessach dura oito dias. Segundo consta nos ensinamentos do judaísmo, a páscoa é um período de renovação, mas não tem qualquer tipo de vínculo com a proposta do cristianismo.
Os judeus costumam participar de uma série de rituais para a páscoa e relembram o chamado que Abrão recebeu de Deus em sua trajetória. A data comemorativa se destaca como uma das mais importantes do calendário judaico porque comemora a libertação do domínio egípcio. A partir desse episódio, várias tradições passaram a fazer parte da cultura dos judeus.
Então como vemos a Páscoa e um momento de comemoração para o povo judeu mas que é diferente para o  povo cristão pois está marca a morte e ressurreição de cristo o Messias, percebendo que está tradição se faz com maior força na igreja católica criando o teatros e procissão no meio protestante é destacado com maior força a ressurreição de Cristo.
Com o passar dos anos a data foi capitalizada pelo sistema econômico vigente e passou a ser explorada como venda de chocolates, e de presentes a figura de cristo também foi sendo substituída pelo do coelho que representa para alguns povos pagãos a prosperidade ou seja a páscoa cristã foi sendo contaminada por rituais de outra religiões a partir do aglutinação da igreja católica junto as varias religiões dos povos bárbaros que havia na Europa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário