Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Império Bizantino






Por: Bruno Ferreira


O imperador Constantino Transfere o império romano para Bizâncio, cidade grega remodelada passando e a passa chamar Constantinopla. Ela divide-se o império entre ocidente e oriente e Ocidente, Honório fica com Roma Oriental Arcádio  Constantinopla
O império romano do ocidente cai pelas invasões bárbaras, mas O império do ocidente permanece por séculos ficando conhecido como Império Bizantino.
Com o imperador Justiniano, sec. V o império Bizantino se estrutura-se atingindo seu apogeu, movendo uma serie de guerras contra os bárbaros
Ocorre a Revolta de Nika que foi uma elevação de impostos ocorre à revolta de Nika – Violentamente reprimida morte de 35 mil nesta mesma época acontece à divisão da fé cristã Cisma da igreja e o Cesaropapismo – assumiu a chefia do estado e da igreja. Surgem duas igrejas cristãs a Igreja Ortodoxa – Oriente e a Igreja Católica Apostólica Romana - Ocidente
O imperador consegue fazer varias Realizações como o Código de Justiniano a Grande Arquitetura – Construção da Igreja de Santa Sofia quando ele morre acontece uma – serie de ataques externos


A Decadência do império bizantino é Interrompida no século X com Basílio (976 – 1025), o império perdurou ate o sec. XV quando Constantinopla foi invadida pelos Turcos otomanos em 1453 marcando o fim da idade média.
Surgimento do Império Turco Otomano cuja ameaçou o ocidente.
Com a queda do império ocorre a Migração de Sábios para a Itália, cujo Proporcionou futuramente o Renascimento. Obstrução do comercio entre Europa e Ásia acelerou a busca de um novo caminho Marítimo para o Ocidente.
Ocorre um grande comercio entre ocidente e oriente rota de passagem acontece uma a vinda de muito  Artesanato mais tarde na Europa surge as Corporações de Oficio
O império Bizantino tem sua economia na Agricultura – Latifundiários – Mosteiros
A estratificação social classe rica vivia nas cidades Donos de Oficinas Manufatureiras, alto clero, e funcionários destacados. Abaixo da elite que estava artesãos, funcionários de médio e baixo escalão e pequenos comerciantes.
A maioria dos Trabalhadores pobres empregados nas Manufaturas, servos, escravos que trabalhavam em minas, pedreiras e na construção civil.
No campo da cultura ocorre uma mescla de culturas entre elas Grega, Romana e Persa. Idioma Grego Religião Cristã Direito Romano Arquitetura de inspiração Persa. Debate Religioso que era o Monofisismo a onde Negava-se  a natureza humana de cristo e a igreja ortodoxa não aceitava o uso de imagens esta questão era conhecida como Iconoclasta que  Pregava a destruição de imagens de santos e utilização nos templos

A questão da iconoclastia, por exemplo, camuflava o conflito entre o imperador e os sacerdotes dos mosteiros, que fabricavam imagens de santos. Arquitetura tinha como base a  Igreja de Santa Sofia como também Mosaicos que eram inúmeros pedaços de pedras que formam um desenho. Escultura essa peças de ouro e vidro durou até em 726 quando o imperador proíbe imagens.
Portanto a igreja e a politica no fim do império romano e no império bizantino estavam muitos próximas  criando sempre conflitos em nome do poder, podemos destacar que a cultura bizantina contribuiu para a cultura ocidental.






Nenhum comentário:

Postar um comentário