Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

terça-feira, 11 de junho de 2013

História dos Namorados




Por: Bruno Ferreira


O Amor como concebemos nem sempre foi fácil,  arrumar o namorado e a namorada nem sempre foi permitido e de livre e espontânea vontade. A Biblia fala  que pelo amor Adão confia em Eva e come o fruto proibido no paraíso e o homem cai no pecado eterno, está concepção é plenamente religiosa.
Do ponto de vista cientifico o homem  transa para manter a espécie, mas historicamente o homem começa a organizar em pequenas aldeias na pré historia desta forma para  garantia sua prole a existência da raça na próxima geração o hoemem e mulher mantem relações. 
 Na antiguidade o homem por meio de acordos de casamento garantia com que as famílias sejam prosperas e ricas os casamentos eram arranjados pelos pais e seus filhos casavam mesmo sem nenhuma forma de amor, esta pratica ficou por séculos presentes nas comunidades da Ásia, áfrica e Europa, este ultimo os príncipes já estavam prometidos para outros príncipes para que desta forma os reinos seriam amigos e maiores, mas nem sempre estes casamentos eram perfeitos haviam muitas traições e mortes em nome da honra da família e do sangue, os filhos bastardos eram excluídos e sofria forte preconceito da sociedade.
Com a Revolução Industrial e revolução Francesa o direito a liberdade individuais foram sendo garantidos por constituição, mas apenas no final do século XIX e começo do XX o casamento passou de uma pratica de determinação para a libertação da escolha do individuo este deveria escolher uma pessoa segundo seus interesses pessoais e seus desejos físicos, ou seja ele poderia escolher a pessoa e ambas poderiam casar e viver felizes, mas esta pratica demorou para entrar na opinião e no seio da família essa pratica foi adotada pelas classes menos favorecidas as classes ricas continuaram a ter o casamento arranjado.
Um forte fator que fez a libertação da escolha do seu  amor foi o direito da mulher em trabalhar e buscar os mesmos direitos do que os homens como o voto, trabalho registrado entre outros preconceitos.
Na segunda metade do século XX o amor e a liberdades e especialmente após guerras os hippies pregavam o lema paz e amor e a liberdade de casamento e namoro de classes diferentes onde ricos poderiam casar com pobres este que é um preconceito até os dias atuais como também o preconceito contra o namoro gay que foi punido por séculos e que nas últimas décadas por lutas de direitos individuais pessoas do mesmo sexo poderiam casar e dividir seu amor e seus bens.
Portanto vemos que amor e os namorados veem vencendo uma luta muito antiga desde a antiguidade na busca por perpetuar a raça humana passando pela idade media e a continuidade do sangue e o surgimento do casamento arranjado eliminado das pessoas o direito a escolha do seu amor, no seculo XX a briga tornar se pela luta da mulher e no começo do século XXI a briga por direito de pessoas do mesmo sexo e afins de casarem e poderem namorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário