Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

sexta-feira, 14 de junho de 2013

O JUDAISMO



Por: Bruno Ferreira

A primeira das três religiões Monoteístas principais do ocidente o Judaísmo se confunde com a História do Povo Hebreu este povo que foi perseguido durante a história e tornou-se um dos povos mais antigos e emblemáticos da humanidade.
O Judeu é aquele  que tem a mãe judia e que não pratica nenhuma fé, essa é a definição feita pelo Estado de Israel, o judaísmo não é somente religião mas também de conotação étnica em termos históricos ocorre conotações raciais mas existem Judeus de todas as etnias.
A grande característica do povo Hebreu e sua ligação com a religião é os livros bíblicos conhecidos entre eles como a Tora, que passa desde a criação do mundo passando pela criação da Arca de Noé, a fase histórica seguinte é a chegada de Abraão que morava em Ur e deveria sair de sua terra segundo uma revelação divina e ir para um novo lugar a onde Abraão seria por gerações um grande a formação de um grande povo, e formou um povo chamado de Israel com a formação de doze tribos que vieram da dissidência de Jacó  um dos seus filhos foram para o Egito  e lá foram escravizados a libertação desse povo foi feito por Moises que saiu do Egito para a terra prometida e no deserto Moises recebeu as leis de Deus em que apenas existia um Deus e com sua obediência  tornaram um povo escolhido.
O povo de Israel atravessou por fazes que  a primeira chamado de Juízes onde lideres cuidavam das leis, com o passar do tem o reino de Israel passa a ser governado por um rei entre os mais conhecidos estão Davi e Salomão, a arca da aliança onde tinha as doze tabuas foi transportada para a Capital e lá construíram o templo de Israel.
Segundo as profecias o povo de Israel não estava seguindo o seu mandamento e o profeta fala de uma punição de Deus o reino de Israel foi dividido em dois  Norte – Israel, Sul – Judá tendo Jerusalém como capital. No ano de 722 o reino do norte foi invadido pelos assírios e o sul conquistado por babilônios em 587.



O Judaísmo e a Sinagoga.
Após o retorno da Babilônia que desenvolveram religião que hoje conhecemos como Judaísmo, tendo a Sinagoga como núcleo da religião hebraica neste local eles oravam e faziam sacrifícios,  o grande templo de Israel havia sido destruído o templo por varias vezes foi arrasado até a chegada dos Romanos e de Herodes como rei da região administrativa do império romano, as sinagogas ganharam destaques  e os judeus foram dispersos por toda a terra esses episodio ficou conhecido como Diáspora.
O povo judeu é um povo culto e que por onde passaram construíram formas novas de pensamento e economia como foi na Espanha lá desenvolveram a cabala “ou tradição” em diversos períodos foram eles perseguidos por cristãos foram expulsos da Inglaterra e França na Espanha foram expulsos em 1492, mas a pior de todas perseguições ocorreu na Alemanha de 1933 – 1945 acredita que milhões de judeus foram mortos estes tinham forte influencia na vida da Europa como nas Artes e na Cultura, e foram tratados pelos alemães como páreas da sociedade  foi um período de grande perseguição.
Diferentemente dos Cristãos creem na volta de Jesus para a Salvação da Humanidade os Judeus ainda acredita na vinda dos Messias.
A partir do Século XIX os Judeus já pensavam na volta deles para a pátria chamada Israel que seria novamente em Jerusalém milhares migraram para lá novamente muitos queriam na formação do Estado de Israel um estado laico, mas não conseguiram e firmaram um estado nas bases judaicas o problema é que na criação desse estado já existia um povo fixo naquela região os palestinos esses foram deslocados de suas casas para a formação de um pais chamado de Israel.
A historia desse povo passa por sua historia e influencia a humanidade ocidental com a lei, os profetas e a bíblia do velho testamento, alem da tora eles usam a Talmud
Os Judeus vivem de uma cultura composta por tradições compostas de sua fé principal em Deus – Iahweh, essa tradição esta guardada na sinagoga onde esta a tora onde leem o livro os serviços dessa sinagoga podem ser feitos diariamente o status de Adulto é dado em uma cerimônia o chamado Bar Mitsvá, eles fazem três orações diárias a mulher tem um papel secundário na sinagoga mas em casa tornam-se fundamentais para esta religião. O Shabat dura desde  pôr do sol de sexta feira até o por-do-sol do sábado e este ritual esta fundamentado na criação do mundo.
Kosher  são as regras alimentares que os judeus seguem como o que é permitido comer e o adequado comer eles não comem porco, lebre e camelo, das aves podem comer as não predatórias e os peixes apenas os que possuem escamas, toda comida feita de sangue é proibida já que a vida para eles está no sangue. Eles têm o costume de não comer produtos derivados de leite.


Os judeus não fazem distinção nítida entre a parte ética e a parte religiosa de sua doutrina. Tudo pertence à lei de Deus. Existem 248 ordens afirmativas e 365 proibições, totalizando 613 mandamentos. Além desses mandamentos, a vida do judeu é regulada por muitos costumes e práticas que surgiram ao longo da história. Diz-se que um costume judaico é tão obrigatório quanto uma lei. (Pg. 120)


            Os judeus têm costumes antigos e a vida é regrada pela religião como um ciclo de nascimento, juventude, casamento e enterro.
- Circuncisão - As boas-vindas dos bebés do sexo masculino à aliança através do ritual da circuncisão.
- Bar Mitsvá e Bat Mitsvá -  A celebração da chegada de uma criança à maioridade, e por se tornar responsável, daí em diante, por seguir uma vida judaica e por seguir a halakhá.
- Casamento – e um modo de vida pefeito o judeu por obrigação tem casar com uma judia, mas cada vez mais ocorre os casamentos mistos e tornam-se problemas para a comunidade judaica, o casamento segue um ritual, o divorcio é permitido mas para que seja legitimo, deve ser sancionado por um tribunal rabínico e selado pelo marido, que dá a esposa a carta de divórcio.
- Enterro – o enterro deve ser rápido e não deve ocorrer cremação do corpo, os homens são enterrados com seu xale de orações não usam flores e nem musicas é recitado no caixão “O senhor dá e o Senhor tira – bendito seja o nome do senhor” o rabino faz um discurso os filhos de sexo masculino cantam uma oração após o funeral a família fica de luto por uma semana, o cemitério é um local de grande respeito pois é a onde os mortos irão descansar até a ressurreição.
            Os Judeus tem suas festas associadas ao calendário judaico em geral tem uma base histórica, para eles o mundo tem um tempo é o contam a partir do ano 3761 a.C o calendário deles apoiam no ano lunares tem doze meses de 29 u trinta dias 354 dias ao todo
As festas são:
- O Ano Novo
- O Dia do Perdão ou Iom Kipur
- A festa dos Tabernaculos
- A Festa da Inauguração
- A páscoa Hebraica
- A festa das Semanas
            Portanto podemos ver que a religião está intimamente ligada ao seu povo que tem forte tradição com rituais, baseados em sua história e que este povo foi perseguido durante a historia por suas convicções e inteligência, baseados nisso eles alem de serem um povo rico em tradição com varias festas influenciaram outras religiões como Cristãos e Islâmicos.

Bibliografia


O livro das Religiões/ Jostein Gaarder, Victor Hellern, Henry Notaker; tradução Isa Mara Lando; revisão técnica  e apêndice Antônio: Flávio Pierucci. – São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário