Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

terça-feira, 11 de março de 2014

A História dos Vikings





Por: Bruno Ferreira


Os Vikings tem origem no norte da Europa, conhecido também como povos nórdicos ou escandinavos que invadiram exploraram e conquistaram terras eram temidos por sua violência, e usavam para suas conquistas um navio em forma de dragão, viajaram pelo norte da Europa até chegaram aos mares do sul e ocorre indícios de terem chegado a América antes de Colombo.
Por um período sua imagem foi de um povo extremamente violento, mas ao longo da história viram suas contribuições no campo da navegação e na construção de cidades. O período compreendido entre as primeiras invasões registradas na década de 790 até a conquista normanda da Inglaterra, em 1066, é conhecido como a Era Viking da história escandinava.
Após décadas de pilhagem, a resistência aos vikings tornou-se mais eficiente e, depois da introdução do Cristianismo na Escandinávia, tornou a cultura viking mais moderada. As incursões vikings cessaram no fim do século XI. A consolidação dos três reinos escandinavos (Noruega, Dinamarca e Suécia) em substituição das nações viking em meados do século XI deve ter influenciado também o fim dos ataques, visto que com eles os vikings passaram também a sofrer das intrigas políticas de que tanto se beneficiaram e muito da energia do rei estava dedicada a governar suas terras. A difusão do cristianismo fragilizou os valores guerreiros pagãos antigos, que acabaram sumindo.  Os nórdicos foram absorvidos pelas culturas com as quais eles tinham se envolvido. Os ocupantes e conquistadores da Inglaterra viraram ingleses, os normandos viraram franceses e os Rus tornaram-se russos.
Os povos vikings, assim como tinham uma mesma organização política, também compartilhavam uma mesma composição sociocultural. A língua falada pelos vikings era a mesma, seu alfabeto também era o mesmo: o alfabeto rúnico.
Eles tinham várias histórias para explicar coisas do cotidiano, como o sol e a lua, que acreditavam serem perseguidos pelos lobos Skoll e Hati, filhos de Fenrir (que segundo o ragnarok, devora Odin em batalha, morrendo em seguida); o sol seria uma deusa e a lua um deus, chamado Máni. O arco-íris, segundo eles, tinha uma ponte, denominada Bifrost, guardada pelo deus Heimdall. A Deusa-Sol passava todo dia com sua carruagem puxada pelos cavalos, Asvid e Arvak. Os deuses eram mais ou menos populares de acordo com a importância que tinham com o cotidiano. Alguns dos deuses mais venerados foram, Odin, Thor e Njord
A cultura dos vikings tinha caráter guerreiro, devido também a influências religiosas. Eles eram politeístas, tendo deuses com diversas características, personalidades, histórias e influências no dia-a-dia.

Outro ponto forte era seus navios que possuíam grande agilidade e conseguia até entrar em rios podendo fazer ataques em diversas cidades, os vikings foram inventivos e culturalmente rico com suas histórias, e seu espirito de luta.
Portanto vemos a cultura Viking presente nos povos nórdicos que ainda valorizam essas raízes e também vemos serem retratados e lembrados em filmes e seriados como a Serie da History Channel chamada de Vikings

Nenhum comentário:

Postar um comentário