Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 19 de maio de 2014

A História dos Bancos e Suas Influência.




Por: Bruno Ferreira


      A algum tempo a instituição bancaria existe na história humana essa que é o simbolo e promotora do capitalismo surgi de forma modesta na troca de moedas e na cobrança de pequenos Juros, com o advento das cruzadas, vai surgir rotas comerciais entre o oriente e o ocidente com isso o aparecimento de cidades vilas e feiras onde se comercializavam de tudo.
      Para facilitar a troca entre as diferentes moedas surgiram os banqueiros pessoas que ficam em bancos trocando moedas e cobrando juros nesses serviços com o grande movimento e aumento da comercialização cada vez mais esses bancários ganham força e passam a guardar mercadorias e bens, sejam eles tesouros e moedas para facilitar o comercio começam a emitir papeis que representavam o valor de certas moedas com esses papeis trocavam-se em ouro ou prata.
     Com o advento do mercantilismo e das grandes navegações os banqueiros e a burguesia ganham força e tornam-se a classe provedora do reinos europeus a partir dai eles espalham pelo o mundo e torna-se a classe que mais fica rica em toda Europa ganham enormes lucros e mantenedoras de impérios e reinos ganham o mercados e promovendo o capitalismo, com o fim da modernidade os bancos e burgueses dominavam economicamente e passavam a dominar politicamente os bancos tinham agencias e influencia no mundo moderno financiavam projetos, mas com o surgimento da America e da industrialização dos Estados Unidos os banqueiros vem ser a classe provedora de guerras surgi a bolsa de valores de Nova York e através dela que o mundo tem a sua primeira crise mundial, nunca antes o capitalismo enfrentou tal sofrimento a famosa crise de 1929, criou um colapso na economia americana e mundial.
        Após anos de enriquecimento os bancos encontravam com medo não apenas pela crise mas com o medo do comunismo que se espalhava pelo mundo e também o fascismo e Nascismo, mas com o fim da segunda guerra e a bipolaridade e o investimento dos bancos na Europa o capitalismo e os banqueiros tem o objetivo de acabar com o socialismo da URSS, e o objetivo é alcançado em 1991 a Russia cai e o muro de Berlim também o mundo passa a ser predominantemente capitalista o sistema financeiro é integrado formando uma teia global onde todos fazem parte desta a família global, esta sob o comando do mercado e de apenas uma unica potencia os Estados Unidos, os banqueiros nunca lucraram tanto com o fim da União Soviética e nunca lucraram tanto com a década de ouro até que em 2008 ocorre mais uma grande crise mundial e explode uma bolha imobiliária que afeta o mundo desenvolvido e países pobres, os emergentes mantem seu crescimento mas sofrem tambem tal crise coloca em cheque vários politicas de proteção por todo mundo, ainda estamos na espera para ver se o sistema financeiro recupera a sua força.

Nenhum comentário:

Postar um comentário