Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

segunda-feira, 2 de março de 2015

A Esquerda Em Crise na América Latina




Por: Bruno Ferreira

Em tempos de crise econômica hoje a América Latina atravessa uma crise política em vários países do cone sul, depois de décadas de Neoliberalismo e governos que diminuíram o Estado vieram primeiro com a reeleição do presidente Lula no Brasil o princípio de mudança e de governos populares que espalharam-se por toda América Latina.
Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia, em certos casos como o do Chile um governo de esquerda mais ameno em outros como o da Venezuela a implantação de um novo estado através de uma nova constituição e de um presidente com fortes traços ditatoriais o senhor Hugo Chaves que fez sem dúvida uma revolução em seu país.
Com a vinda da crise internacional de 2008 que espalhou por países de todo mundo e onde seu foco foi as econômicas centrais, essa crise fez criar um retrocesso econômico em países de terceiro mundo e de economias emergentes como a do Brasil criando pouco crescimento e uma raiva da elite brasileira contra programas do governo federal, isso acontece o mesmo em países vizinhos onde a classe média e alta são ameaçadas e onde o governo procura beneficiar através de programas sociais parcela da população.
No caso Uruguaio o presidente foi exemplo para o mundo é bem-vindo pela crítica internacional com seus programas e com sua política relacionada ao narcotráfico, conseguiu fazer seu sucessor que tinha sido já presidente antes dele. Na Argentina a presidente procura maneiras criativas de superar a crise porém conta com uma forte oposição e uma economia muito debilitada, o caso espetacular na américa latina é do governo da Colômbia que possui forte simpatia pela potência Norte Americana criando um contrapeso na américa do Sul.
De forma geral os governos de esquerda enfrentam duras críticas da imprensa e parte da classe média e alta, parte da população é assistida, o caso mais crítico no campo econômico é o da Venezuela onde sua economia atravessa uma crise graças a políticas sociais equivocadas, o único produto exportador é o petróleo do país que corresponde por parte grande parte de sua economia e com a morte de Hugo Chaves o país encontra em um “guerra” política entre o grupo de direita e de esquerda.

          Portanto apesar das fortes pressões da elite global e de parte da elite de seus países os governos populares de esquerda vêm demonstrando firmeza diante da crise política e econômica, em particular no Brasil a Presidenta enfrenta em seu segundo mandato forte oposição da ala do seu ex adversário o Tucano Aécio Neves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário