Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

terça-feira, 24 de março de 2015

Longevidade e Aumento da Qualidade de Vida




Por: Bruno Ferreira

                A longevidade e a busca de uma vida com qualidade aumentaram significativamente no no século XX, se pensarmos que um homem a dois mil anos atrás vivia bem menos que 40 anos e que ao longo dos séculos esse passou a viver muito mais e com qualidade de vida.
                Na idade Antiga apenas a classe nobre vivia além dos 40 anos os pensadores e nobres chegavam a viver em média 60 anos pois sua vida era dedicada a menos esforços físicos do que a maioria da população, um homem de 40 anos trabalhador apresentava muito mais idade do que nos dias de hoje.
                Na idade média diante do aumento de doenças e guerras um homem estava bem acabado fisicamente diante dos esforços para manter o feudo do seu senhor, com a vinda das máquinas na era moderna o homem ainda não havia ganho nem a longevidade nem a qualidade de vida pois vivia para a manutenção do sistema fabril recém organizado em países com Inglaterra e França.
                A busca de qualidade de vida avanços na medicina vem no final do século XIX e ao longo do século XX saltando significativamente diante de avanços sociais e também de avanços tecnológicos na área  da medicina que possibilitou viver com qualidade.
                Hoje encontramos pessoas que chegam a viver até 120 anos em certos casos mas de um modo geral grande parte da população passa dos 70 anos, seguindo uma vida de poucos vícios os homens chegam a viver muito mais, o avanço da medicina e corporação de direitos sociais ajudaram esse processo ao longo do último século além de direitos previdenciários, muitos idosos buscam fazer atividades físicas para a manutenção da saudê.

                                                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário