Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Karl Marx



Karl Heinrch Marx , filósofo e economista alemão , nasceu em Trier ( atual Alemanha Ocidental ) a 5 de maio de 1818.
Estudou na Universidade de Berlim, interessando-se principalmente pelas idéias do filósofo Hegel . Formou-se pela Universidade de Iena em 1841. Em 1842 assumiu o cargo de redator chefe do jornal alemão Gazeta Renana, editado em colônia onde tinha a postura de um liberal radical.
Ele queria descobrir a causa dos conflitos de classes provocadas pela revolução Industrial e o meio de os resolver. Algumas influências no desenvolvimento do pensamento de Marx: leitura crítica da filosofia de Hegel ( método dialético ) , contato com o pensamento socialista francês e inglês. ( uma transformação social total ) No ano de 1843 transferiu-se para Paris. conheceu Engels, um radical alemão de quem se tornaria amigo íntimo e com quem escreveria vários ensaios e livros. Sua doutrina, a revolução tinha de se realizar não só na França e na Inglaterra, mas em todo mundo civilizado ( universal ).

De 1845 a 1848 viveu em Bruxelas, onde participou de organizações clandestinas de operário e exilados. Em 1847 redigiu com Engels O Manifesto Comunista , da teoria que , mais tarde ,seria chamada de marxismo. No Manifesto Marx convoca o proletariado à a luta pelo socialismo. Em 1848, quando eclodiu o movimento revolucionário em vários países europeus, Marx voltou para Alemanha. Em 1864 Marx fundou, a Associação Internacional dos Trabalhadores, depois chamada Primeira Internacional dos Trabalhadores com o objetivo de organizar a conquista do poder pelo proletariado em todo o mundo. Em 1867 publicou o volume de sua obra mais importante. O Capital livro, em que faz uma crítica ao capitalismo e a sociedade burguesa. Marx é o principal idealizador do socialismo e do comunismo revolucionário. O marxismo conjunto das idéias político filosóficas de Marx propunha a derrubada da classe dominante, a burguesia, através de uma revolução do proletariado. Marx criticava o capitalismo e seu sistema de livre empresa que, segundo ele, pelas contradições econômicas internas, levaria a classe operária à miséria. Propunha uma sociedade na qual os meios de produção fossem de toda a coletividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário