Redes Sociais

Anuncio

Celular

Operação Salva Semestre

Celular

Quanta Gente.

Pesquisar neste blog

domingo, 7 de fevereiro de 2016

A História do Carnaval do Mundo ao Brasil



Por: Bruno Ferreira


            O Carnaval uma das festas mais famosas do mundo e que tem sua origem na antiguidade foi se modificando  com o passar do tempo deixando de ser uma festa de agradecimento a deuses e que ocorria em novembro e dezembro e passando a ser uma festa que antecede a quaresma.
            Na idade media a igreja católica decidiu adotar essa festa antes da quaresma época em que os cristãos não comem carne. A festa foi ganhando traços parecidos com os de hoje no século XIII e foi utilizando as mascaras, essas usadas por nobres.
A partir do século 19, as máscaras e fantasias se popularizaram e fizeram parte das festas por toda a Europa. Os personagens que mais davam o que falar eram o Pierrô, o Arlequim e a Colombina (da commedia dell’arte italiana), presentes ainda hoje na festa popular.
No Brasil o carnaval chega através da colonização portuguesa e o "entrudo" que é uma festa que tem como característica guerra de água e farinha. A festa foi incrementada no século XIX através das famílias mais ricas que organizavam festas em salões e tinham como modelo a festa europeia.
O carnaval brasileiro em seu inicio tinha característica bem europeia com o uso de roupas e mascaras e cantava se de tudo, "Nesta época, cantava-se de tudo no Carnaval. Até Ópera", afirma o historiador André Diniz, autor do livro Almanaque do Carnaval. "A primeira marchinha foi feita em 1899, por Chiquinha Gonzaga, para o cordão carnavalesco Rosa de Ouro: Ó abre alas. Depois da gravação do samba Pelo Telefone, de Donga e Mauro de Almeida, em 1917, este gênero começa a ganhar espaço no carnaval carioca."

A festa só foi popularizada através do uso de marchinhas e de composições atraentes ao grande publico, isto ocorre a partir de 1920, o presidente Getúlio Vargas percebe a ligação com o povo e incentiva a aproximação maior e com isso a população brasileira foi criando uma identidade nacional, o estado de GV foi um grande incentivador de desfiles e escolas de samba.
Portanto o Carnaval foi crescendo com o passar das décadas e tornando-se identidade nacional, sendo que em cada região do Brasil ocorre uma forma particular de carnaval, ou seja, com musicas e estilos próprios da cultura local, o carnaval brasileiro ficou famoso no mundo atraves de sua particularidade e o uso do samba marcantes de cultura nacional, sendo diferente do modo que ocorre em outros países.